Em fim de mandato, Janot poupa o PSDB e denuncia de novo Lula e Dilma

5
0

Janot na sua reta final de mandato, após perder as denúncias contra Temer com áudios auto gravados de Joesley que podem anular a delação da JBS, voltou sua metralhadora para o PT e fará denúncias contra o PMDB, PP e PT, mas poupará membros do PSDB.


Revista Fórum

Apenas um dia após denunciá-los por “organização criminosa” ao STF, procurador agora oferece nova denúncia contra os petistas, desta vez por “obstrução da justiça”, por conta da tentativa de Dilma de nomear Lula como ministro 


A poucos meses de terminar seu mandato como procurador-geral da República, Rodrigo Janot vem lançando suas últimas flechas e, nesta quarta-feira (6), menos de 24 horas depois de denunciar o ex-presidente Lula e a ex-presidenta Dilma ao Supremo Tribunal Federal (STF) por “organização criminosa”, ele ofereceu nova denúncia contra os petistas, desta vez por “obstrução da justiça”.

A denúncia tem como base a tentativa de Dilma de nomear Lula como ministro-chefe da Casa Civil no ano passado durante o processo de impeachment, antes de seu afastamento. A mesma peça denuncia ainda o o ex-ministro Aloizio Mercadante pelo episódio de um telefonema para o ex-senador Delcídio do Amaral, a fim de, supostamente, tratar da delação dele.

O texto será apreciado pelo relator da Lava Jato no STF, ministro Luiz Edson Fachin. Ele quem decidirá se leva o caso para a segunda turma do Supremo e, somente com nessa condição, os denunciados se tornam réus.

Falandoverdades

5 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here