Jovem atropelado por herdeiro da RBS não resiste aos ferimentos

3
62
herdeiro da RBS atropelamento morte
Sérgio Teixeira da Luz, 23 anos, estava internado depois de ser atropelado por Sérgio Sirotsky, de 21

Sérgio Teixeira da Luz Júnior, 23 anos, morreu nesta sexta-feira (11) em Florianópolis. O jovem estava internado em estado grave na UTI, passou por cirurgias e chegou a retirar parte do pulmão esquerdo.

Da Luz foi um dos três jovens atropelados por Sérgio Orlandini Sirotsky, de 21 anos. De família poderosa e abastada, Sirotsky é herdeiro do grupo RBS (afiliada da Globo no Sul do Brasil).

As vítimas haviam saído de uma festa quando foram atropelados pelo Audi A3 de Sirotsky. O assassino prestou depoimento à polícia na quarta-feira (9) e foi liberado, já que não houve prisão em flagrante.

Antes da morte de Luz, o delegado Otávio Cesar Lima, da 7ª Delegacia de Polícia, conduzia o inquérito por crime de lesão corporal culposa (quando não há intenção de matar) na direção de veículo e omissão de socorro. Agora, a conclusão do inquérito pode seguir um rumo diferente.

“A morte aconteceu em razão do acidente. Resta saber se foi (homicídio) culposo (sem intenção de matar) ou dolo eventual (quando assume o risco de matar)” explicou o delegado.

Outra possibilidade que pode ser levada em consideração tanto no inquérito quanto no processo criminal é a de crime de lesão corporal seguida de morte. A conclusão dependerá do colhimento de provas, resultado da perícia e depoimento de testemunhas.

No fim da manhã desta sexta-feira, o pai de Sérgio Orlandini Sirotsky, Sérgio Sirotsky, divulgou nota afirmando que “não há o que amenize e alivie a imensa dor dessa perda”, acrescentando: “Que a família encontre forças para enfrentar esta ausência. Estamos todos de luto e sofrendo com os familiares e amigos de Sérgio Teixeira da Luz Júnior”.

Impunidade

Em 2010, quanto tinha 14 anos, Sérgio Orlandini Sirotsky estuprou uma adolescente de 13 anos, acompanhado de amigos. O crime teve requintes de crueldade e foi abafado por toda a mídia.

Na época, o blogueiro Amilton Alexandre, conhecido como ‘Mosquito’, foi o único jornalista que tentou investigar e o caso e fazer um pouco de barulho em meio ao silêncio conveniente. Mosquito foi encontrado morto (relembre aqui).

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

O post Jovem atropelado por herdeiro da RBS não resiste aos ferimentos apareceu primeiro em Pragmatismo Político.

Pragmatismo Político

3 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here