URGENTE: PF inocenta Aécio em caso Furnas, mesmo com todas provas contra

2
64

Em relatório enviado ao ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, o delegado Alex Levi Resende justificou que “não é possível atestar que senador realizou as condutas criminosas que lhe são imputadas”; segundo ele, Alberto Youssef e Delcídio do Amaral não comprovaram acusações; Aécio Neves (PSDB-MG) era investigado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, acusado por delatores de envolvimento em um esquema de corrupção na estatal do setor elétrico; lobista Fernando Horneaux Moura, condenado a 16 anos, chegou a dizer que um terço da propina da empresa ia para o presidente nacional do PSDB


Minas 247 – O senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi inocentado pela Polícia Federal sobre o caso de corrupção em Furnas.

Em relatório enviado ao ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, o delegado Alex Levi Resende justificou que “não é possível atestar que senador realizou as condutas criminosas que lhe são imputadas”.

Aécio era investigado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, acusado por delatores de envolvimento em um esquema de corrupção na estatal do setor elétrico desde 2005.

De acordo com o delegado, os delatores Alberto Youssef e Delcídio do Amaral não comprovaram suas acusações contra o tucano.

O lobista Fernando Horneaux Moura, condenado a 16 anos no âmbito da Lava Jato, chegou a dizer que um terço da propina da empresa ia para o presidente nacional do PSDB.

Aécio chegou a prestar depoimento sobre o caso em maio desse ano.

Falandoverdades

2 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here